REME - Revista Mineira de Enfermagem

ISSN (on-line): 2316-9389
ISSN (Versão Impressa): 1415-2762

QUALIS/CAPES: B1
Periodicidade Continuada

Enfermagem UFMG

Busca Avançada

Volume: 8.4

Voltar ao Sumário

Editorial

Doutorado na escola de enfermagem da UFMG

 

A Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais oferece o Curso de Mestrado, desde 1994, para profissionais da área de enfermagem. Durante esses dez anos, foram formados aproximadamente 150 mestres de instituições de ensino e serviço, que certamente contribuíram para a melhoria da qualidade da assistência de enfermagem prestada à população e para o desenvolvimento da pesquisa científica na área da saúde. Nesse período, os docentes dessa Escola acumularam uma experiência importante na pós-graduação, além de um significativo aumento de sua produção técnico-científica. Foram buscadas parcerias na própria UFMG e outras em nível regional, nacional e mesmo internacional, o que tem ampliado o conhecimento e ajudado na consolidação dos grupos de pesquisa.

Atualmente, pode-se ver claramente que houve uma consolidação do Curso de Mestrado sustentada na ampliação do seu quadro docente, nas dissertações defendidas e no aumento da produção científica. Isto levou a diretoria da Escola, em 2004, a propor a expansão da pós-graduação, reformulando o Curso de Mestrado para que seja oferecido não só a profissionais enfermeiros, mas a todos da área da saúde e criando o Curso de Doutorado, com área de concentração em Saúde e Enfermagem. O Programa de Pós-Graduação será, a partir de agora, um espaço de formação de mestres e doutores, pesquisadores em Saúde e Enfermagem, com capacidade para desenvolver estudos na área da saúde e, especialmente, na enfermagem, como contribuição para a qualidade de saúde da população brasileira e incorporando a prevenção, a promoção, o tratamento e a reabilitação da saúde.

As linhas de pesquisas do Programa, que hoje conta com 14 professores doutores da Escola de Enfermagem e 2 professores de outras unidades da UFMG, estão cada vez mais consolidadas e ampliadas. São elas: (1) Prevenção e controle de agravos à saúde, (2) Planejamento, organização e gestão de serviços de saúde e de enfermagem, (3) Cuidar em saúde e em enfermagem e (4) Educação em saúde e enfermagem. Pode-se dizer que a política do Programa é manter a articulação entre o Curso de Mestrado e o de Doutorado em interface com os Cursos de Graduação em Enfermagem e Ciência da Nutrição, nos quais o conhecimento produzido possa ser aplicado, avaliado e validado em diferentes níveis de complexidade pelos alunos e docentes. Com isso, cria-se um espaço para o exercício permanente de diálogo propiciador de tomadas de decisão que estimulem a interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade da produção científica, condizentes com a busca de novos paradigmas.

A Revista Mineira de Enfermagem parabeniza a Escola de Enfermagem da UFMG pela concretização da proposta de criação do seu Curso de Doutorado. É importante enfatizar que o processo de reestruturação da Revista, empreendido no ano de 2004, na perspectiva de constituição de um meio importante de difusão da produção do conhecimento científico da área da saúde e enfermagem, poderá ter efeito sinérgico para a consolidação do Programa de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem da UFMG, bem como para o fortalecimento dos demais programas de pós-graduação do País.

 

Prof. Francisco Carlos Félix Lana
Editor Geral

Profª Andréa Gazzinelli
Consultora

Logo REME

Logo CC BY
Todo o conteúdo da revista
está licenciado pela Creative
Commons Licence CC BY 4.0

GN1 - Sistemas e Publicações